Safra de grãos deve ser 13,2% maior em 2013, estima IBGE

A produção nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas no Brasil deve atingir 183,4 milhões de toneladas em 2013, o que representa alta de 13,2% sobre as 162,1 milhões de toneladas de 2012, de acordo com a segunda estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quinta-feira (7). O resultado é praticamente idêntico à estimativa feita pelo instituto em janeiro.

ESTIMATIVA DO IBGE Safra de grãos deve ser 13,2% maior em 2013

Segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, elaborado mensalmente pelo IBGE, a área plantada em 2013 deverá ser de 52,8 milhões de hectares, ou 8% maior que área colhida em 2012 (48,8 milhões de hectares). Este número traz uma redução de 201.605 hectares – ou 0,4% – em relação à estimativa de janeiro.

Arroz, milho e soja, os três principais produtos deste grupo, representam 92,5% da estimativa da produção e 85,6% da área a ser colhida. Em relação a 2012, houve acréscimos na área de 1,4% para o arroz, de 7,6% para o milho e de 10,1% para a soja. Quanto à produção, comparados a 2012, os acréscimos são de 4,9% para o arroz, de 4,1% para o milho e de 26,8% para a soja.

Regiões
A região Sul deve ser responsável por 71,9 milhões de toneladas em 2013, segundo o IBGE; enquanto Centro-Oeste deve responder por 71,4 milhões de toneladas; e o Sudeste por outros 19,4 milhões de toneladas. A produção do Nordeste deve chegar a 16,4 milhões de toneladas e a do Norte, a 4,3 milhões de toneladas.

Na comparação com a safra de 2012, o IBGE constata incrementos de 1,2% no Sudeste, 0,9% no Centro-Oeste, 29,6% no Sul e 37,7% no Nordeste. Na região Norte houve decréscimo de 9,3%.

De acordo com esta segunda avaliação feita para 2013, o Mato Grosso lidera como maior produtor nacional de grãos, com uma participação de 23,4%, seguido pelo Paraná (20,1%) e Rio Grande do Sul (15,6%), que somados representam 59,1% do total nacional.

Fonte: UOL/IBGE

Comente este artigo